3 Dicas infalíveis para vender serviços de cloud computing

*Por Marcos Andrade

Empresas que contam com parceiros de cloud computing são mais rentáveis e crescem mais rápido, segundo o estudo da IDC. A mesma pesquisa apontou que aquelas que investem mais de 50% da receita na nuvem, crescem duas vezes mais! Além de terem benefícios da nuvem privada como: redução de custos, eficiência e simplificação de processos, maior produtividade dos colaboradores e segurança com os dados empresariais.

No entanto, a venda precisa ser capaz de ir além na hora de apresentar as vantagens da computação em nuvem e trabalhar a negociação com os clientes. Confira dicas infalíveis para você vender projetos de cloud computing e atingir a meta de vendas!

1) Saiba os benefícios da nuvem privada e não somente a parte técnica
Como um especialista em soluções em nuvem informe-se bem sobre o conceito de cloud computing e assuntos relacionados como a internet das coisas (IOT). Construa um conhecimento de como diferentes serviços de cloud funcionam na prática, para assim, fazer um roteiro mental da parte mais conceitual para a mais prática quando for oferecer a solução. Em seguida, apresente as vantagens que cada solução trará para o cliente. No modelo de cloud corporativa, toda a infraestrutura necessária para rodar os sistemas de missão crítica (como ERP, CRM, WMS e e-mails) é responsabilidade do parceiro de TI, que trabalha com operações mais econômicas, rápidas, móveis e seguras. Esses três passos garantem uma venda mais assertiva das soluções de nuvem.

2) Atenda as necessidades do cliente (foco no negócio)
O que funciona bem para uma empresa pode não funcionar para outra. Oferecer a solução por si só não traz valor para o potencial cliente. É importante entender a dor do prospect e mostrar como ajudá-lo a diminuir e, em alguns casos, sanar os desafios do nicho do mercado dele. Estude a empresa do cliente antes e vá com cases que mostram como os desafios foram superados e como economizar com cloud computing. Por exemplo, a indústria de alimentos Belarina desejava expandir a operação e dobrar a capacidade de produção, pulando das 15 mil toneladas/mês de trigo, para cerca de 35 mil toneladas/mês. Terceirizando a infraestrutura de TI com um serviço de cloud corporativo a empresa obteve a economia e segurança que precisava para expandir o seu negócio. Leia o case completo aqui.

3) Faça contas para destacar a economia da private cloud

Contratar o serviço de computação na nuvem traz economia para a empresa, já que ela deixa de se preocupar com hardware, licenças, mão de obra, treinamento, consultoria, para transferir essas responsabilidades para o parceiro de TI. Imagine contar com uma equipe completa, 24 horas por dia, sete dias por semana, trabalhando para aumentar a segurança dos dados e poder também personalizar quais são os serviços e de que tamanho precisa, evitando gastos com dimensionamento  de infraestrutura e contratação de mão de obra. Faça as contas de quanto custa um data center físico, manutenções que ele demanda ao longo do tempo e mais alguns analistas somente para suporte técnico e compare com o valor do serviço na nuvem que você está oferecendo. Impossível o prospect não perceber que estará fazendo mais com menos e não querer contratar na hora!

Seguindo essas dicas, suas vendas de projetos de cloud computing ficarão mais assertivas.

 

*Marcos Andrade é CMO da CorpFlex