O marketing de conteúdo como aliado dos projetos de TI

Como engajar toda a empresa e fazer quem não é da área de Tecnologia da Informação entender a importância de um projeto do tipo? Essa é a dificuldade de muitos CIOs (Chief Information Officer), que encontram no conteúdo digital a saída para informar e tirar dúvidas dos seu stakeholders.

Acostumados a resolver os problemas de negócio da companhia, infelizmente esses executivos algumas vezes não conseguem levar seus projetos adiante por falta de apoio do público interno. Algumas boas práticas podem ajudar.

# A influência dos conteúdos digitais nas empresas

“É perceptível que para tornar a empresa competitiva no mercado, o papel do TI tem sido cada vez mais importante e crucial, seja na implementação de estratégias de transformação digital, cloud computing ou inteligência artificial:, explica Marcos Andrade, CMO da CorpFlex.

Segundo a consultoria Gartner, apenas em 2018, os investimentos globais em Tecnologia da Informação vão somar US$ 3,7 trilhões, um aumento de 4,3% sobre em comparação a 2017. E, enquanto um executivo de TI tem dificuldade em fazer a empresa como um todo entender o valor do trabalho da sua área, a importância da adoção de novas ferramentas tecnológicas só cresce.

“O ser humano tem, naturalmente, uma resistência às novidades. Muitos colaboradores estão acostumados a desempenhar suas atividades da mesma maneira e não têm interesse em mudar seus hábitos”, pontua Andrade.

Para quebrar essa resistência às transformações é necessário que a empresa esteja de portas abertas, demonstrando a todo momento que as modificações são necessárias para o crescimento e desenvolvimento do ambiente corporativo.

E qual a melhor forma de deixar claro que a TI é uma aliada, não oponente do público interno? Usando os conteúdos digitais como ferramenta de apoio. Conheça, abaixo, quatro dicas práticas de como usá-los:

1- Ser presente nas redes sociais
A empresa precisar marcar presença onde os seus colaboradores estão. Com a autorização das equipes de marketing de conteúdo e comunicação o ideal é criar perfis no Whatsapp, Twitter, Facebook e LinkedIn, divulgando-os entre a diretoria e colaboradores. São os canais ideais para, por exemplo, divulgar novidades sobre tecnologia, os projetos atuais que estão sendo desenvolvidos e os futuros;

2- Ter um blog
Os conteúdos digitais divulgados nas redes sociais podem apontar para um blog corporativo. É a ferramenta ideal para explorar a fundo todos os temas de interesse do setor de TI, além de apresentar artigos de opinião, repercutir levantamentos e até fomentar pesquisas de opinião;

3- Enviar newsletters periódicas
Enviar newsletters periódicas é uma maneira de colocar todos os colaboradores ‘na mesma página’ e chamá-los para conhecer tanto o blog como as redes sociais. Ao fazer um e-mail com o resumo dos conteúdos abordados no período (os avanços nos projetos atuais, resultados e impactos, por exemplo), o colaborador se sentirá parte das inovações;

4- Contar as vitórias
Aproveitar os projetos que já deram certo, explorando-os inclusive em vídeos, é uma excelente alternativa. O ideal é chamar colaboradores de outras áreas que foram impactados positivamente pelas mudanças. Isso ajudará a dar mais credibilidade.

# Cuidados necessários

A estratégia de marketing de conteúdo precisa ser pensada com muito cuidado. É necessário ter na mente que sua audiência é composta por um grupo bem heterogêneo.

A linguagem é o primeiro detalhe a ser definido. O ideal é ter conteúdos leves, (quando possível) divertidos e próximos da linguagem e cultura da sua empresa. “O importante é evitar usar os jargões técnicos característicos do ambiente de tecnologia. Procure traduzir os termos técnicos para que os executivos de outros departamentos consigam acompanhar o discurso e entender a relevância do projeto para a organização. Por meio do conteúdo é possível tornar a comunicação entre TI e a toda a empresa mais próxima”, conta Tania Dagostim, CMO da Motor de Conteúdo, agência de marketing de conteúdo.

Outro detalhe é ter uma abordagem humanista, demonstrando que a área de TI conhece, acompanha e é empática aos desafios e problemas das demais áreas. Dentro desse escopo é possível apresentar casos de sucesso e colocar a equipe de TI à disposição para esclarecer qualquer dúvida.

Como diz o ditado, uma andorinha sozinha não faz verão. O gestor precisa ter a equipe ao lado para que a estratégia de marketing de conteúdo dê certo. Engajar o time desde o processo de planejamento garante que ele seja um embaixador do projeto, além de ajudar no desenvolvimento e postagem dos conteúdos.

Mas, se a empresa não puder contar com a ajuda da equipe de tecnologia, não tem problema. É cada vez mais comum ter a ajuda de fornecedores especializados para para fazer o17 planejamento, gestão e produção desse conteúdo digital.

Outra alternativa é montar um fluxo de marketing de conteúdo internamente, capacitando o time interno por meio de um trabalho de coaching. Ele é focado em ajudar no entendimento das demandas e como dar os primeiros passos em direção a colocar esta estratégia no ar, entregando informação de valor ao público.